‘Robocop’ Tunisino Faz Cumprir o Lockdown Durante a Pandemia da COVID-19

Reading Time: < 1 minute

AGÊNCIA FRANCE-PRESSE

O Ministro do Interior da Tunísia destacou um polícia robot para patrulhar as ruas da capital e fazer cumprir o lockdown imposto em Março de 2020, cujo objectivo é ajudar o país na luta contra o alastramento da COVID-19.

Conhecido como PGuard, o ‘robocop’ é operado remotamente e equipado com câmaras com infravermelhos e imagens térmicas, além de um sistema de alarmes bom e leve.

O criador tunisino do robot, Anis Sahbani, disse que a primeira máquina foi produzida em 2015 para levar a cabo patrulhas de segurança. Ele também opera de forma autónoma através da inteligência artificial.

O robot, construído pela Enova Robotics de Sahbani, custa de 100.000 a 140.000 dólares e tem estado a vender principalmente fora do país para empresas que o usam para fins de segurança. Muitos robots foram doados ao Ministério do Interior.

O robocop usado na Tunísia tem sido um destaque nas redes sociais onde usuários fazem postagens de filmagens da máquina em acção em várias partes da capital.

Pode ser ouvido repetindo mensagens gravadas chamando os cidadãos a “respeitar a lei… e ficar em casa para limitar a propagação [do vírus] e salvaguardar vidas humanas.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.