Garantindo a Segurança Entre Vizinhos

0

O Presidente Mokgweetsi Masisi, do Botswana, proferiu um discurso aos soldados das Forças de Defesa do Botswana no Aeroporto Internacional Sir Seretse Khama, em Gaberone,
no dia 26 de Julho de 2021, 
quando se preparavam para sair ao serviço da Missão da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral em Moçambique. O seu discurso foi editado para se adequar a este formato.

Estou aqui perante vocês como o comandante em chefe das Forças de Defesa do Botswana [BDF] e actual Presidente do Órgão de Política, Defesa e Segurança da SADC [Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral]. É uma instituição formal da SADC, cujo lançamento foi feito em Junho de 1996, com um mandato claro de apoiar o alcance e a manutenção da segurança e do Estado de direito na região.

Hoje este mandato está a ser colocado à prova por um ambiente geopolítico e de segurança que não é diferente daquele dos anos de formação dos nossos países, durante os anos da minoria do regime do Apartheid. Independentemente de quão complexa a situação da segurança na região da SADC possa ser, assim como no passado, os objectivos políticos estrangeiros do Botswana foram e continuam muito claros. A segurança do Botswana nunca pode ser alcançada sem a segurança dos seus vizinhos. Quando o Botswana assumiu a liderança da tróica do Órgão de Política, Defesa e Segurança da SADC, defini o papel do nosso país na liderança dos esforços da nossa região para consolidar a estabilidade na política, defesa e segurança, aplicando o nosso capital diplomático e de segurança universais para os problemas que assolam a nossa região.

Hoje testemunhamos mais uma meta nos nossos objectivos de impulsionar a agenda da paz na nossa região, ao seguir o mandato da SADC que visa facilitar as condições pacíficas no norte da República de Moçambique, em Cabo Delgado em particular. É por esta razão que estou aqui esta amanhã para dirigir-me aos membros das Forças de Defesa do Botswana que, como parte da Força de Intervenção da SADC, serão destacados para fornecer apoio regional a Moçambique para combater a crescente ameaça de terrorismo e os actos de extremismo violento na região de Cabo Delgado, no norte daquele país, como um elemento da Missão da SADC em Moçambique, SAMIM.

Conforme afirmado inicialmente, o nosso compromisso para a paz regional e internacional como país continua firme e inalterado, conforme evidenciado pela participação anterior invejável das BDF em operações de manutenção da paz na Operação de Restauração de Esperança na Somália, na ONUMOZ I e II [Operação das Nações Unidas em Moçambique], como parte da missão de observação da ONU em Ruanda, e Boleas, em Lesoto.

Nestes destacamentos, as BDF receberam avaliações muito positivas da sua conduta profissional na execução das suas funções militares e também como verdadeiros e sinceros embaixadores dos valores históricos e nacionais duradouros do Botswana de ser uma sociedade baseada no direito. Este continua a ser o legado histórico dos seus predecessores e o papel que agora vocês têm de desempenhar — todos vocês. Eu, por conseguinte, imploro a todos para imitarem estes predecessores, que participaram nas missões de paz anteriores, exibindo os mais elevados padrões de profissionalismo durante este destacamento como carregadores da bandeira do Botswana em Moçambique.

Como vosso comandante em chefe, estou ciente do facto de que vocês estarão a enfrentar um inimigo enganador que tem a tendência de utilizar guerra assimétrica, não convencional, e tácticas de guerra desleais contra vocês e contra a população que vocês estarão a proteger. Como profissionais, vocês representam muito mais do que eles e devem evitar imitá-los e baixar ao seu nível. E, sim, toda a vossa formação será colocada em evidência.

Por isso, exijo nada menos de vocês do que a observação das leis de conflito armado, conforme prescrito internacionalmente na vossa profissão de armas, assim como o acordo do estatuto das forças, que estabelece a estrutura sobre a qual o pessoal da SAMIM irá operar em Moçambique. Estou totalmente confiante de que vocês irão executar a vossa tarefa de forma imparcial e não farão nada que irá manchar a boa imagem das Forças de Defesa do Botswana.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.