74 Centros de Saúde Nigerinos Recebem Ajuda Médica dos EUA

Reading Time: 2 minutes

EQUIPA DA ADF

Os postos de saúde de Niamey, capital do Níger, e de Zinder, a sua terceira maior cidade, receberam equipamento de protecção individual, material clínico e de escritório doados pela Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional.

A doação de cerca de 57.000 dólares em suprimentos apoia os serviços de 74 postos de saúde.

O projecto faz parte da ajuda humanitária da USAID a quatro países da África Ocidental: Burkina Faso, Costa do Marfim, Níger e Togo.

O Embaixador Eric Whitaker apresentou os materiais ao Ministro de Saúde Nigerino, Dr. Ranaou Abache, numa cerimónia, em Niamey. Whitaker destacou o compromisso do governo dos EUA de melhorar o bem-estar dos nigerinos.

“O governo dos EUA faz parceria com o governo nigerino para apoiar o desenvolvimento estratégico do Níger,” disse Whitaker.

Um dos objectivos do projecto é modernizar as unidades sanitárias, através da formação do pessoal clínico e da melhoria das capacidades técnicas por meio de novo equipamento.

O Níger faz parte da Parceria de Ouagadougou, um conjunto de nove países falantes da língua francesa, na África Ocidental, formado para ajudar mulheres e famílias.

A parceria apoia os centros de saúde que podem enviar especialistas para certas casas em vez de ter os pacientes a virem para os postos de saúde onde podem correr o risco de contrair a COVID-19. A parceria também ajuda a garantir o acesso a recursos de saúde durante os confinamentos obrigatórios relacionados com o vírus.

No dia 28 de Outubro, durante uma reunião com o Presidente Nigerino, Mahamadou Issoufou, a Directora da Missão da USAID no Níger, Jo Lesser-Oltheten, disse que o principal objectivo é ajudar o Níger a criar a sua própria defesa contra uma variedade de ameaças e desafios.

“O nosso objectivo principal é ajudar o Níger a tornar-se mais resiliente diante de múltiplos desafios, tais como calamidades naturais, violência extremista e crise económica ligada à COVID-19,” disse ela. “Este apoio é guiado pelo nosso objectivo de acompanhar o Níger na sua jornada para a auto-suficiência económica .”

« Notre objectif principal est d’aider les Nigériens à devenir plus résilients face aux différents chocs tels que les catastrophes naturelles, la violence extrémiste ou les retombées économiques de la COVID-19. Cet appui est guidé par notre objectif d’accompagner le Niger sur son chemin vers l’autosuffisance économique », a-t-elle souligné.

Leave a Reply