Arquitecto Burquinabê Ganha Prémio Máximo

0

EQUIPA DA ADF

Diébédo Francis Kéré, do Burkina Faso, venceu o prémio de Arquitectura Pritzker 2022, sendo o primeiro arquitecto africano a ganhar o prestigioso prémio internacional.

Kéré essencialmente trabalha em locais difíceis, utilizando materiais que servem toda a comunidade, de acordo com o artigo da página da internet ArchDaily. 

“Através das construções que demonstram beleza, modéstia, coragem e invenção e pela integridade da sua arquitectura e gesto, Kéré graciosamente sustenta a missão deste prémio,” de acordo com a declaração oficial do Prémio de Arquitectura Pritzker.

Em meados de Março de 2022, Kéré estava em Porto-Novo, Benin, onde a sua firma, Kéré Architecture, estava a trabalhar num novo edifício do parlamento baseado na árvore dos encontros, que é “uma árvore onde as pessoas se reúnem para tomar decisões, fazer celebrações,” disse ao NPR. 

Kéré tinha em mente um oásis quando concebeu a Escola Secundária Naaba Belem Gounmma e a Escola Primária de Gando, na sua zona de origem, em Burquina Faso, comunicou o NPR. Kéré nasceu em Gando.

Os seus projectos são uma mistura harmoniosa de praticabilidade, função e materiais locais. A Escola Primária de Gando, por exemplo, misturou barro indígena e cimento para formar tijolos com “massa térmica bioclimática,” de acordo com o anúncio do prémio. Isso permite que eles mantenham o ar mais fresco dentro enquanto o ar mais quente flui para fora através de um tecto de tijolos e uma cobertura ampla e suspensa. O resultado: ventilação sem ar condicionado mecânico num clima difícil.

As inovações de Kéré ajudaram a escola a aumentar as suas matrículas de 120 para 700 alunos.

“Espero mudar o paradigma, levar as pessoas a sonhar e a enfrentar riscos,” disse Kéré, de acordo com o anúncio do prémio. “Não é porque se é rico que se deve gastar material. Não é porque se é pobre que não se deve tentar criar qualidade. Todos merecem qualidade, todos merecem luxo e todos merecem conforto.”

Leave a Reply