Mali Recebe 1 Milhão de Dólares para Restaurar Parte do Seu Património

0
Reading Time: < 1 minute

NOTÍCIAS DA BBC EM BBC.CO.UK/NEWS

Activistas que procuram manter uma cultura tradicional comprometeram-se em doar 1 milhão de dólares para ajudar a população da região de Mopti, no centro de Mali, a recuperar parte do seu património, que foi ameaçado pelo conflito armado.

A organização cultural das Nações Unidas, UNESCO, está a trabalhar com a Aliança Internacional para a Protecção do Património em Zonas de Conflito a fim de apoiar a reabilitação da Falésia de Bandiagara, também conhecida como a Terra dos Dogon, que foi proclamado um Património da Humanidade pela UNESCO, desde 1989. A área é conhecida pelas suas casas esculpidas na rocha de calcário, pela sua arquitectura assim como pela forma de vida tradicional.

As guerras, no Mali, causaram uma destruição parcial ou total de 30 das 289 aldeias da região, afirmou a ONU. Edifícios e objectos culturais perderam-se, resultando na “deterioração das práticas culturais e tradições dos grupos Dogon, Peuls, Bozo, Bambara e Sonrhai,” comunicou a ONU.

O desaparecimento de certas tradições fomentou a existência de conflitos intercomunitários. Embora tenha historicamente sempre havido conflitos regulares entre comunidades mais assentadas e praticantes da pastorícia itinerante, isto começou a ficar mais violento depois de uma revolta de 2012, no norte do Mali.

A ONU afirmou que o valor de 1 milhão de dólares seria utilizado nos próximos três anos para proteger objectos cerimoniais e restaurar o património arquitectónico danificado, “nomeadamente casas, celeiros e sítios dedicados à cultura tradicional.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.