EUA Oferecem Ajuda ao Madagáscar para Alívio da COVID-19

Reading Time: 2 minutes

EQUIPA DA ADF

O governo dos EUA está a contribuir com 5,1 milhões de dólares em ajuda para a resposta do Madagáscar à COVID-19. O dinheiro irá apoiar centros de saúde nacionais e comunitários nos esforços para reduzir doenças e mortes causadas pelo vírus.

Os fundos irão também apoiar a monitoria e a vigilância para detectar surtos, a entrega de materiais médicos, expansões de laboratórios e melhoria das testagens; adquirir equipamento de protecção individual; formar profissionais de saúde; e informar o público sobre a protecção contra a COVID-19.

A ajuda vem numa altura em que o quarto maior país insular do mundo termina um estado de emergência de 17 meses devido à COVID-19 e à insegurança alimentar causada pelos desafios económicos relacionados com a pandemia.

O sobrevivente da COVID-19, Jean-Pascal Ratovoherimanjato, descreveu o seu tempo angustiante num hospital de Antananarivo, que ocasionalmente ficava sem o fornecimento de corrente eléctrica e oxigénio, quando o número de infecções pela COVID-19 aumentou significativamente em Maio.

“A coisa mais difícil foi que não havia cilindros de oxigénio suficientes,” disse Ratovoherimanjato num artigo da africanews.com. “Quando o cilindro de oxigénio acaba cedo, temos de esperar três a quatro horas para que seja trazido um novo. Enquanto isso, várias pessoas ventilavam-me à mão.”

Ratovoherimanjato, marido e pai de 48 anos de idade, estava a receber oxigénio há 25 dias e não esperava sobreviver.

“Foi muito difícil ver pessoas morrerem perto de mim,” disse. “Às vezes, era o meu colega de quarto que estava a morrer, eu podia ver o sofrimento dele. Dizia: ‘Não consigo respirar mais’ e poucos minutos depois morria.”

Os EUA apoiaram a resposta do Madagáscar à pandemia, fornecendo 2,5 milhões de dólares em financiamento de emergência e reposição de 2,2 milhões de dólares em projectos de saúde da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) para medidas de resposta à COVID-19.

Em Outubro e Novembro de 2020, a USAID doou equipamento informático, avaliado em 29.000 dólares ao Ministério das Águas, Saneamento e Higiene de Madagáscar, para fortalecer a resposta do país à pandemia.

Em Março de 2021, a USAID forneceu equipamento de protecção individual que cobre da cabeça aos pés para profissionais de saúde de 13 regiões.

No dia 13 de Maio, a USAID doou equipamento e suprimentos, avaliados em 10.000 dólares para seis centros de tratamento da COVID-19. O pacote incluiu macacões laváveis, botas plásticas, batas hospitalares, máscaras com filtros, luvas, dispositivos de lavagem das mãos, spray desinfectante e outros materiais de higiene.

No dia 10 de Setembro, a USAID efectuou a entrega de materiais e equipamentos médicos avaliados em 1,5 milhões de dólares, incluindo 200 camas e colchões, para centros de saúde das regiões do noroeste de Boeny e Sofia. As doações também incluíram ferramentas de diagnósticos, kits de partos, suportes para soluções intravenosas e balanças. Doações semelhantes foram feitas para as regiões de Analanjirofo, Atsimo Andrefana, Atsinanana e Vatovavy Fitovinany .

Os EUA também estão a ajudar o Madagáscar a responder a surtos de pragas, sarampo e malária. Em 2020, os EUA forneceram àquele país 74,5 milhões de dólares para fortalecer o seu sistema de saúde.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.